• Rachel Fernandes

Como vender seu livro: 3 segredos para você conquistar (ainda mais) o leitor



Apenas escrever seu livro não basta. Você precisa vendê-lo.


Pode parecer meio duro para quem trabalha com arte ouvir isso, mas a verdade é que você precisa se vender se quiser ser lido.


No artigo de hoje você vai aprender como se vender em 3 passos.


Com dicas práticas, ao final deste post você vai ser capaz de:


  • Se vender sem ser chato

  • Aumentar seu público

  • E conquistar o leitor que ainda não leu seu livro.


Mas antes, vamos começar do princípio.


DICA BÔNUS: antes de se vender, você precisa terminar seu trabalho.



Escritores lidam com criatividade. Todos nós somos pessoas comuns que podem ter ideias extraordinárias. O que nos diferencia é nossa capacidade de terminarmos o trabalho.


Para se vender bem você precisa terminar seu livro.


Imagine que você está numa livraria e se interessa por um livro. Você abre esse livro, começa a folhear as páginas e lá pelo meio você percebe uma coisa estranha: boa parte do livro está em branco.


Mas você dá o benefício da dúvida. Talvez a editora tenha errado a diagramação nesse exemplar..


Você pega outro exemplar e encontra o mesmo problema. Depois do quinto, você percebe que todos os livros estão assim.


A sua reação seria:


  • Comprar o livro

  • Ou devolver o livro à prateleira?


Se você é como 99,9% das pessoas do mundo, você devolveria o exemplar à estante e continuaria suas compras.


Ninguém gasta o próprio dinheiro com livros inacabados.


Antes de se vender, você precisa terminar o trabalho.


Seu livro está finalizado, revisado e pronto para ganhar o mundo?


Então, vamos às dicas de como vendê-lo.



#1. Conheça sua audiência (antes e depois de escrever seu livro)


"Encontrei minha galera!"


Existem dois tipos de escritores: os que escrevem para si e os que escrevem para uma audiência.


Se você escreve como hobby, talvez não se preocupe com isso. Mas se você escreve para uma audiência (ou várias), deve saber o que funciona ou não para seus leitores.


Aliás, conhecer seu público não tem nada a ver com escrever. Tem a ver com saber:


  • O que seu público pensa sobre _INSIRA QUALQUER ASSUNTO AQUI_

  • O que seu público come

  • O que seu público assiste

  • O que seu público lê

  • O que seu público compra

  • E como seu público usa a internet


Agora você deve estar se perguntando como fazer para conhecer seu público, certo?


A resposta é simples: use as redes sociais.


Se você é um autor independente, possivelmente tem Instagram, Twitter ou um Facebook para falar sobre seu trabalho.


Se você é um autor independente e ainda não tem uma conta nessas redes: faça.


Por meio delas você poderá traçar um perfil do seu leitor com mais facilidade, além de saber o que seu público em potencial (ou seu público já fiel) consome.



#2. Prometa (e cumpra)


"Eu te prometo!"


Se o seu livro é sobre um mistério chocante, você não pode vendê-lo como um romance arrebatador.


O principal aqui é:


  • Fazer o leitor identificar seu gênero

  • Você lançar uma promessa

  • E cumprir essa promessa


Assim que o leitor terminar seu livro, ele precisa sentir que você cumpriu a promessa.


Imagine que o leitor comprou seu livro chamado "10 Dicas Rápidas Para Perder Peso", começa a ler e percebe que é um romance policial.


É um exemplo absurdo, mas que ilustra bem o caso.


Você prometeu dicas rápidas para a perda de peso e entregou um romance policial.


Promessas “cumpríveis” encantam o leitor.


Com um trabalho que cumpre o que promete, seu livro vai se vender sozinho.



#3. Saiba se vender (sem ser um chato)


"Venda! Venda! Venda!"


A parte mais temida de todo escritor: saber se vender.


E por assustador que seja, não é tão difícil assim.


Depois de terminar seu livro com uma promessa que foi cumprida, ele está pronto para ganhar o mundo. Ou melhor: a mente dos leitores.


Saber se vender depende de 3 pequenos passos simples:


  1. Conhecer sua audiência

  2. Fazer sua audiência conhecer você

  3. Se relacionar com sua audiência


O passo número 1 está no início do artigo, mas nunca é demais recapitular.


Saiba o que sua audiência pensa, o que fala, o que ouve e o que ela lê. Observe.


E se você quiser dar um passo além, conheça o Mapa de Empatia.


Modelo de Mapa da Empatia. Fonte: Resultados Digitais.


O Mapa de Empatia é uma ferramenta muito usada no marketing e na publicidade. Nela, criamos uma persona.


Essa persona que você vai criar é a representação do seu público e ajuda você a ter uma ideia clara de duas coisas importantes:


  • Dos livros que você vai escrever no futuro

  • Dos conteúdos que você vai produzir para se relacionar com sua audiência


O que nos leva ao passo 2: fazer sua audiência conhecer você.


Sim, você escreve. Sim, você não é produtor de conteúdo.


Eu sei. A pior parte de escrever livros é ter de vendê-los.


Mas tudo fica mais fácil quando você constrói uma audiência e se conecta com ela.


O segredo é só um: vender sua personalidade e seu ofício para essa audiência.


Você, como autor, tem muito a dizer. E sua audiência quer saber.


Antes mesmo de conhecer seus livros, ela quer conhecer você.


Por isso, aposte nas mídias sociais. Fale sobre você, seu ofício e se apresente como você é. Use o Instagram para se vende e compartilhar conteúdo relacionado ao que você ama.


O que nos leva ao passo 3: relacionamento com sua audiência.


Antes de tudo, seu seguidores não são apenas um número. Eles são pessoas.


Pessoas que escolheram acompanhar você, seus livros e seu conteúdo.


Sua audiência é de carne osso e você precisa se relacionar com ela.


Seja autêntico. Responda todo mundo. Se interesse pelos outros.


Ah, e seja legal. O mundo é um lugar pequeno demais e já tem muitos idiotas por aí.


Resumindo: para vender seu livro, você precisa:


  • Terminar seu trabalho

  • Prometer e cumprir

  • Conhecer e construir sua audiência

  • Se relacionar com sua audiência


O quote de hoje:


O escritor é um aprendiz de seu ofício até que deixe de escrever.
— Jorge Amado —

➡️ Você pode comprar o ebook de Sobre Enfermeiras e Postais e meu primeiro romance publicado de forma física, 457 Milhas, na Amazon. Opiniões são sempre bem-vindas!


✉️ E já que está aqui, assine minha newsletter! Pelo menos uma vez por mês eu compartilho um pouquinho do meu trabalho e das minhas inspirações por email. Além disso, é um canal perfeito para deixar você por dentro de lançamentos e promoções dos meus livros!


Até a próxima e boas vendas, pessoal!



© 2020 por Rachel Fernandes.